DestaqueEsportes

Futebol em luto: Morre Diego Maradona

O mundo do futebol perdeu, na quarta-feira (25), um dos seus maiores nomes. O argentino Diego Armando Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa na cidade de Tigres, onde se recuperava de uma cirurgia recente na cabeça. Ele tinha 60 anos e teve, neste último procedimento, o capítulo mais recente de problemas de saúde. Maradona é o maior ídolo do esporte argentino em todos os tempos, com seus seguidores chegando a criar a Igreja Maradoniana em sua homenagem.

O médico responsável pela última cirurgia chegou a afirmar que o abuso de álcool era um dos agravantes da saúde atual de Diego. Durante sua permanência no hospital, o ex-jogador foi sedado e sofreu com a abstinência.

Maradona estava atuando como treinador do Gimnasia La Plata e chegou a comandar a seleção argentina na Copa do Mundo de 2010.

Diego Armando Maradona nasceu em 30 de outubro de 1960 em Lanús, na província de Buenos Aires, e era técnico Gimnasia y Esgrima.

Apontado como um dos maiores jogadores da história do futebol mundial, ao lado de Pelé, o craque argentino começou a sua carreira no Argentinos Juniors, clube onde foi revelado e atuou entre 1976 e 1981.

Logo depois, jogou um ano no Boca Juniors e se transferiu para o Barcelona, onde atuou entre 1982 e 1984.

De lá, foi para o Napoli, na Itália, onde ganhou uma Copa da Uefa, dois Campeonatos Italianos, uma Copa e uma Supercopa da Itália.

Como jogador, foi revelado no Argentinos Juniors. Teve o auge da carreira no Napoli, entre 1984 e 1991, levando o time italiano ao bicampeonato nacional, feito histórico para a equipe. Maradona também defendeu  outros times como Sevilla (ESP), Barcelona (ESP), Boca Juniors (ARG) e Newell´s Old Boys (ARG).

Ele foi o grande nome da seleção da Argentina na campanha do título da Copa do Mundo de 1986, quando teve desempenho sublime do começo ao fim.

Um dos gols mais marcantes aconteceu contra a Inglaterra, nas quartas-de-final no que ficou conhecido como ‘la mano de Dios’, quando usou o punho para ganhar do goleiro britânico na disputa pelo alto, sem ter o lance percebido pelo árbitro.
Durante a carreira de atleta, Maradona enfrentou problemas com drogas, como durante a Copa do Mundo de 1994, quando caiu no exame antidoping. Maradona também participou da Copa de 1982, 1990 e 1994.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo