Polícia

Agente da PRF morre após tiro acidental disparado por colega

Morreu na quinta-feira (07) o policial rodoviário federal Felipe Louback, em Itaperuna, no Noroeste Fluminense, onde estava internado depois de ser atingido por um tiro acidental de arma de fogo.

De acordo com a PRF, no domingo (3), um colega de corporação disparou acidentalmente um tiro que atingiu Felipe Louback. O policial foi socorrido e ficou internado em estado grave no Hospital São José do Avaí, mas não resistiu.

Segundo a PRF, dois inquéritos foram instaurados, sendo um criminal na Polícia Civil para apurar as circunstâncias do ocorrido e um inquérito interno na corregedoria da PRF. A assessoria de imprensa da PRF informou que não pode divulgar outras informações pois as investigações seguem em sigilo.

Louback ingressou na PRF em 2019 e, inicialmente, foi lotado no estado do Paraná. Ele foi transferido para o estado do Rio de Janeiro em dezembro de 2020. O policial também era professor e atuou no Colégio Estadual Raphael Jaccoud, em Nova Friburgo.

Em nota, a PRF lamentou, com profundo pesar, a morte do policial e disse que está de luto. As bandeiras da instituição estão em meio mastro, em sinal de solidariedade.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo