Polícia

Polícia Civil fecha fábrica de balões em São Gonçalo

Policiais civis da Delegacia do Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (DAIRJ) fecharam, na quinta-feira (21), uma fábrica de balões, no bairro Trindade, em São Gonçalo. No local foram apreendidas varetas, buchas, lanternas e grande quantidade de parafina (material inflamável utilizado para a fabricação de buchas para balões). Mãe e filho foram presos em flagrante.

De acordo com o titular da DAIRJ, delegado Adriano Marcelo Firmo França, a ação foi fruto de um desdobramento das investigações sobre a invasão de grupos de baloeiros no Aeroporto do Galeão, em julho do ano passado. Na ocasião houve troca de tiros com cerca de 30 baloeiros e dois deles foram presos quando tentavam resgatar um balão.

As investigações continuam. A Polícia Civil destaca que soltar balões causa risco ao meio ambiente e queimadas e, no caso de aeroportos, pode provocar acidentes aéreos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo