Turismo

Embarque em uma viagem ao passado em São João del-Rei

Localizada numa região chamada Campos dos Vertentes, no sudeste de Minas Gerais, que é um polo turístico juntamente com Tiradentes, São João del-Rei é uma cidade singular que mistura a modernidade com a preservação de suas tradições na arquitetura barroca das casas, festas religiosas e na rica gastronomia. A 185 km da capital Belo Horizonte, São João del-Rei é uma cidade que exala arte, cultura e história.

Com 303 anos, São João del-Rei tem a história marcada pelas riquezas do Brasil colônia. A “Terra onde os sinos falam” é conhecida por seus velhos casarões, ruas antigas e igrejas centenárias que são tombadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. A cidade é referência em arte que vai do barroco ao moderno e cultura.

Entre as cidades históricas mineiras, São João del Rei é uma das que mais se desenvolveu economicamente, com trânsito e comércio movimentado. Mas ainda conserva bela parte do seu patrimônio, como a igreja de São Francisco de Assis e a Catedral Nossa Senhora do Pilar. O moderno Memorial Tancredo Neves tem recursos digitais que contam a história do ex-presidente e de Minas Gerais.

Como a maioria das cidades mineiras, São João del-Rei tem muitos rios que cortam sua área urbana. O principal é o Rio das Mortes. Próximo a cidade existem duas grandes formações rochosas chamadas Serra de São José e Serra do Lenheiro.

Muitas pessoas famosas, que fazem parte da história do País, nasceram em São João del-Rei como o presidente Tancredo Neves e Tiradentes, mártir da inconfidência mineira. Atualmente, a cidade é bem conhecida pelo grande numero de estudantes que migram para lá para estudar em suas faculdades, inclusive a UFSJ, que tem um reconhecido curso de medicina.

Sinos que falam

Entre seus atrativos, dois merecem destaque: o Complexo Turístico Ferroviário e a Igreja de São Francisco de Assis, a mais famosa entre as cerca de 30 igrejas da cidade. É possível chegar a ambos de olhos fechados, apenas ouvindo os sons que emitem – o apito da Maria-Fumaça e as badaladas dos sinos. Essas, por sinal, renderam a São João del-Rei o título de “a cidade onde os sinos falam”.

Três ou quatro vezes por dia (normalmente às 12, 15, 18 horas e depois das celebrações), ouvem-se as badaladas, vindas das diversas igrejas locais, e é possível marcar o tempo de acordo com elas. Mas informar as horas é apenas uma das funções dos sinos. Eles também são capazes de avisar aos fiéis mais atentos sobre os falecimentos dos paroquianos. “Dois dobres significam que morreu uma mulher. Três dobres, um homem. Ao todo, são mais de 15 toques diferentes”, explica Nílson José dos Santos, funcionário da Igreja de São Francisco de Assis há 15 anos. “A badalada significa: ‘não chore não, eu vou pro céu’. Dá para cantar isso junto com o sino”, completa Luiz Antônio Miranda, guia de turismo e confrade do Instituto Histórico de São João del-Rei.

Pontos turísticos

Suas centenárias igrejas trazem o melhor do barroco mineiro através de abastados e delineados altares dourados. A Catedral Basílica Nossa Senhora do Pilar é destaque entre elas, construída em 1721. Além do Memorial do Presidente Tancredo Neves, a cidade possui vários museus e diversas manifestações culturais que, realizadas nas ruas, entre pontes e chafarizes, transportam o turista a uma viagem ao passado.

A Estação Ferroviária é um ponto culminante do passeio em São João que, por meio de uma legítima Maria Fumaça, promove viagens turísticas à vizinha Tiradentes.

Com uma diversidade ecológica imponente marcada pela Mata Atlântica e pelo Cerrado, São João del-Rei oferece aos seus visitantes contato direto com uma natureza cheia de belas paisagens, montanhas, cachoeiras e fauna diversa.

O calendário comemorativo da cidade é recheado de manifestações culturais e religiosas, e, dentre as mais famosas, a Semana Santa e o Festival de Inverno (Inverno Cultural), além do carnaval.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar