DestaquePolítica

Começa transição de governo em Cabo Frio

Começou oficialmente na terça-feira (24) a transição de governo na Prefeitura de Cabo Frio, na Região dos Lagos. Durante a manhã, o prefeito eleito, José Bonifácio, foi recebido pelo atual prefeito, Adriano Moreno, na sede do Executivo Municipal. A conversa durou cerca de duas horas. José Bonifácio buscou se inteirar dos desafios que irá encontrar ao assumir a prefeitura, que tem sido alvo de duras críticas pela população.

Além de Bonifácio, participaram a vice-prefeita eleita, Magdala de Tamoios, e o vereador Aquiles Barreto. Representando o atual governo, além do prefeito Adriano, estiveram a procuradora-geral do município, Renata Granha, e o secretário de Fazenda, Bruno Aragutti.

“Foi uma conversa produtiva. O prefeito Adriano liberou, e eu não esperava diferente, todos os setores da Prefeitura para que possamos fazer uma transição que vai beneficiar o município de Cabo Frio. Nossa maior preocupação é com as unidades de atendimento 24 horas: UPAs do Parque Burle e de Tamoios, Hospital São José Operário, Hospital da Mulher e Hospital do Jardim Esperança. Precisamos ter equipes já preparadas na virada do ano e na primeira semana, além de medicamentos e insumos”, explicou Bonifácio ao fim da reunião.

Em relação à Secretaria de Fazenda, o objetivo é obter um relatório detalhado das contas públicas. Já sobre a administração, Bonifácio solicitou a relação de todos os funcionários (comissionados, contratados e concursados), e de todos os imóveis alugados.

Outras preocupações demonstradas foram sobre a organização das praias, com pedido de informações sobre as licenças concedidas e gestores responsáveis pela fiscalização; e sobre a Comsercaf, responsável pelo recolhimento de lixo varrição e manutenção de espaços públicos.

A equipe de transição nomeada pelo prefeito Adriano Moreno terá dez servidores e será coordenada pelo secretário de Governo, Matheus Mônica.

Entre as informações prestadas pela administração municipal para a equipe do futuro governo está um levantamento das dívidas. O atual prefeito destacou a existência de débito com a Enel, concessionária fornecedora de energia elétrica, em torno de R$ 35 milhões; e com a Prolagos, concessionária fornecedora de água, em torno de R$ 24 milhões; entre outras. A equipe do futuro governo irá elaborar um cronograma para escalonar as dívidas e estabelecer um cronograma de pagamentos.

Após a conversa, Bonifácio e Adriano visitaram os setores que funcionam no prédio da Prefeitura, no Centro da cidade. Segundo a atual administração municipal, uma sala no segundo andar da sede da Prefeitura está sendo preparada para receber os integrantes da nova gestão.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo