Turismo

Rio Quente: O paraíso das águas termais em Goiás

Forte destino turístico do Estado de Goiás, a pequena e acolhedora Rio Quente, emancipada de Caldas Novas em 1988, é cercada por belezas naturais inesquecíveis. A localidade é cortada pelo maior rio de águas quentes do mundo, o Rio Quente – que dá nome a cidade -, com 12 quilômetros de extensão. E por mais inesperado que parece para um estado sem litoral como Goiás, é possível sim pegar praia em Rio Quente. . Lá está sediado o maior resort de águas termais do País, que possui praia artificial com águas quentes naturais e com ondas e parques aquáticos. Dentro do Hot Park está a maior praia artificial do mundo com águas naturalmente quentes. Com areia branca, as ondas que permitem até aula de surfe, rodeada pela bela vegetação da região e emoldurada por pedras é um ótimo local de descanso no parque.

A cidade oferece aos seus visitantes diversão e aventura em seus muitos parques aquáticos em constante renovação, tranquilidade para quem quer curtir as águas termais em piscinas e ofurôs naturais, atividades ecológicas junto à vegetação do cerrado e a tradicional gastronomia goiana! Um destino para todas as idades!

História

As fontes de águas termais do município de Rio Quente foram descobertas por Bartolomeu Bueno da Silva (Filho), em 1722 e recebeu o nome de Caldas Velhas. A Cidade de Rio Quente emancipada em 1.988 situa-se numa região de clima tropical quente e úmido, com chuvas de verão, principalmente nos meses de novembro à março, com uma temperatura média anual de 23 C, oferecendo ao visitante excelentes condições climáticas para desfrutar suas belezas durante o ano todo.

O município de Rio Quente tem uma posição geográfica privilegiada, próximo de Goiânia, Brasília, Uberlândia, Uberaba, São Paulo e do rico interior paulista, de onde se origina o maior percentual da demanda de turistas.

A explicação para as termas é que as águas das chuvas caem e se infiltram na Serra de Caldas Novas, onde atingem grandes profundidades e são aquecidas, depois do processo elas brotam em abundância na região de Rio Quente e Caldas Novas.

Embora de pequena dimensão territorial, a cidade tem uma boa agricultura, com cultivo de milho, soja e arroz e pratica a pecuária de leite. No entanto sua fonte de recursos está no complexo turístico Pousada do Rio Quente Resorts, de renome Nacional. Uma das atrações da Pousada está na constante renovação de toda a água das piscinas devido ao grande volume que brota de suas principais fontes termais.

No Bairro Esplanada, por onde passa o Ribeirão de águas quentes, encontra-se os Hotéis Recanto das Águas Quentes, os Chalet’s Vivendas das Thermas, o Condomínio Stay House unidades I e II e os Campings Esplanada e Rio Quente com estrutura completa para receberem seus visitantes.

Como chegar

Por Goiânia siga pela GO-020. Após Bela Vista de Goiás entre à esquerda na GO-139. No encontro com a GO-213 vire sentido a Rio Quente e logo vire na GO-507. Por Brasília siga pela BR-060 e entre à esquerda na GO-139. No encontro com a GO-213 vire sentido a Rio Quente e depois vire na GO-507.

Para quem quer ir de avião, a melhor opção é o aeroporto de Caldas Novas. O de Rio Quente recebe apenas voos particulares

Gastronomia

A culinária goiana possui ingredientes muito particulares, como o pequi e a guariroba e uma série de pratos típicos. Em Rio Quente o turista pode desfrutar um pouco desta culinária, principalmente nos restaurantes do complexo Rio Quente Resorts.

Na gastronomia tradicional da região se destacam pratos como Galinhada com Pequi, Pamonha salgada com queijo, Biscoito de queijo, Empadão goiano, Salada de guariroba, Baião de dois, Tambaqui na Brasa, Tucunaré na Telha entre outros.

Atrativos

Casa de Maria – Além dos vários atrativos relacionados às águas termais e belezas da natureza, a cidade de Rio Quente também possui uma forte ligação com o turismo religioso. Um dos pontos mais conhecidos é a Casa de Maria, organização não governamental, sem fins lucrativos que promove um importante trabalho social na cidade. Durante algumas datas religiosas, são organizadas peregrinações pelas estradas que ligam a cidade de Rio Quente, à Casa de Maria. Localizada na zona rural, a quinze quilômetros da cidade, a casa foi construída na década de 90, pela senhora Maria Alice Mazza e seu finado esposo, em devoção à N. Senhora. Hoje, o local recebe pessoas e grupos que buscam retiro espiritual. É um lugar de refúgio para aqueles que aspiram ao silêncio e recolhimento. O local possui dormitório, capela e refeitório.

Praia do Cerrado – A Praia do Cerrado é a maior praia artificial com águas naturalmente quentes do mundo. Sua área equivale a 4 campos de futebol e seus 9 tipos de ondas chegam a até 1,20m de altura. Cercada por areia fina e branca e coqueiros, possui toda a infraestrutura para você se sentir no litoral, com a vantagem de águas doces e quentinhas, que se renovam a cada três horas. Possui espaços especiais para crianças e uma área exclusiva para hóspedes do Rio Quente Resorts. Você pode usar essa atração sem precisar comprar o ingresso do Hot Park caso esteja hospedado em um dos hotéis do Rio Quente.

Feiras Gastronômicas e Artesanato – Rio Quente oferece grandes oportunidades para comprar artesanato produzido na região e comer algo local.  A Feira dos Ipês acontece as terças, sextas-feiras e sábados das 18h às 23h, na Rua Maranhão, Bairro Esplanada (em frente aos correios). Lá você pode degustar empadão goiano, chica doida, baião de dois, pamonha estão entre os destaques. Na Av. Goiás, Bairro Esplanada (próxima ao DiRoma), os turistas podem visitar a Feira do Equilibro, que acontece de quarta-feira à sábado, das 18h às 23h.

Parque das Fontes – É a origem do complexo de Rio Quente, onde está localizada a maioria das 18 fontes de águas quentes, com vazão de 5,2 milhões de litros de água por hora, responsáveis por abastecer o complexo. O parque, que pertence ao Rio Quente Resorts, possui piscinas, duchas e ofurôs abastecidos por água naturalmente a 37,5°C.

Para quem se hospeda no complexo, o acesso é livre. Já quem está em outros hotéis e pousadas pode entrar em contato e verificar disponibilidade de ingressos para passar o dia. O parque fica aberto 24 horas, todos os dias, com estrutura de restaurantes e até bares dentro d’água. À noite as piscinas recebem iluminação especial.

Parque Estadual Serra de Caldas Novas (PESCaN) – Localizado na divisa de Rio Quente e Caldas Novas, o PESCaN oferece uma vista das duas cidades e uma paisagem natural do cerrado. São 120 km² de reserva para proteger o abastecimento do lençol termal, já que lá está o berço das águas quentes que fazem a fama da região.

Há 600 milhões de anos ali estava um vulcão, hoje extinto. Os gases do solo da região aquecem as águas subterrâneas que brotam no Parque das Fontes e abastecem todos os atrativos da região.

No local é possível fazer duas trilhas que terminam em cachoeiras: a da Cascatinha, com 716 metros e a do Paredão com 1.161 metros. As caminhadas são feitas com guias. É necessário agendar a visita, o PESCaN abre de terça a domingo, das 8 às 17h, mas com entrada permitida até às 15h.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo