Polícia

Bando que roubava armas de vigilantes de bancos e vendia para traficantes é preso

A Polícia Civil prendeu, na quarta-feira (09), três integrantes de uma quadrilha especializada em roubo de armas usadas por vigilantes de agências bancárias. Contra o bando, que é oriundo de Joinville, em Santa Catarina, os agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) cumpriram mandados de prisão temporária por furto contra instituições financeiras.

A investigação teve início a partir da informação sobre a existência de um grupo especializado em furtar agências bancárias, com o objetivo principal de roubar as armas de fogo dos vigilantes que trabalham no estabelecimento, além de efetuar abertura de cofres e caixas eletrônicos com uso de maçarico.

Segundo as investigações, ao roubar as armas, os assaltantes negociavam a venda para traficantes do Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio. Essas armas eram usadas pelos traficantes em assaltos.

Desde maio deste ano o bando praticou pelo menos 15 crimes. Um levantamento da polícia mostra que mais de 50 revólveres foram roubados e colocados nas mãos dos bandidos.

Os três presos possuem diversas anotações criminais pela prática do mesmo delito em várias cidades do Brasil e até do exterior. Todos estavam cumprindo pena em regime semiaberto quando foram capturados.

A partir da prisão dos criminosos e da apreensão dos seus telefones celulares, a investigação prosseguirá no sentido de identificar os traficantes receptadores das armas furtadas, bem como um possível esquema de lavagem de dinheiro por parte do grupo.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo