Turismo

Areia Branca, “Capital Sergipana do Forró”

O município situado na base da Serra de Itabaiana, recebeu este nome pela cor do solo da povoação. Parte de seu território foi doado pelo latifundiário José Ferreira Neto, que cedeu uma área de lagoa seca a pessoas carentes. A povoação, fundada por Juviniano Freire de Oliveira e Virgílio Rodrigues do Nascimento, teve início em frente a uma capela que mais tarde se transformaria na Igreja Matriz São João Batista, padroeiro de Areia Branca. Evoluiu a categoria de município de Areia Branca em 11 de novembro de 1963, pela lei estadual 1224, desmembrado de Riachuelo, Laranjeiras e Itabaiana.

FEIRA DE AREIA BRANCA

Realizada aos sábados, a feira é parada obrigatória para quem visita o município do Agreste sergipano

Quem visita a cidade de Areia Branca não pode deixar de visitar a feira da cidade. Ela ocorre há muitos anos sempre aos sábados. A feira que reúne uma diversidade de produtos alimentícios, atrai gente de cidades circunvizinhas que comercializam seus produtos.

PARQUE NACIONAL DA SERRA DE ITABAIANA

Administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o local resguarda a Mata Atlântica e Caatinga

O Parque Nacional da Serra de Itabaiana é uma unidade de conservação situada no município de Areia Branca. Abrange uma área de 7.998,99 hectáres, destas apenas 3,5% são regularizadas. Administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o parque resguarda a Mata Atlântica e Caatinga. Além disso, abriga 16 espécies de répteis, 24 anfíbios, 62 mamíferos e 123 aves.

A visitação ao parque é de responsabilidade do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), que recebe não só a comunidade local, mas turistas do mundo todo, estudantes e pesquisadores que exploram o local por meio de 12 trilhas com espaços que se dividem em cachoeiras, poços, riachos e penhascos, conhecidos como Poço das Moças, Gruta da Serra, Via Sacra, Caldeirão e Parque dos Falcões. Além destes, está também o mais conhecido: o alto da Serra, que chega aos seus 659 metros de altitude, sendo considerado o segundo ponto mais alto do estado de Sergipe.

FORRÓDROMO DE AREIA BRANCA

“O Maracanã do forró”

Quem visita Areia Branca, cidade distante 36 km de Aracaju não pode deixar de conhecer o forródromo, que nada mais é que um espaço dedicado exclusivamente ao ritmo mais característico da região Nordeste, o forró.

Este espaço, criado em 1992, garantiu a Areia Branca por muitos anos, o título de “Capital Sergipana do Forró”. Com uma pista de 54 mil metros quadrados, o forródromo da cidade chegou a ser intitulado pelo cantor Dominguinhos na década de 90 como o “Maracanã do forró”, título este em referência ao Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, que por muitos anos foi considerado o maior campo de futebol do mundo.

O prefeito da cidade, Alan de Agripino vem resgatando não só os festejos juninos com o “São João Pé no Chão”, mas também promovendo cultura e lazer a população do município com atividades culturais e eventos festivos.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo