Esportes

STJD não acata pedido de anulação de partida e Vasco é oficialmente rebaixado

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva não acatou ao pedido do Vasco da Gama em anular a partida disputada contra o Internacional no dia 14 de fevereiro. Com essa decisão, fica confirmada o rebaixamento do clube carioca à Série B.

Após ter tido o primeiro pedido indeferido no dia 4 de março, o Vasco recorreu e o Pleno do STJD analisou o jogo. O cruzmaltino tentou a impugnação do jogo ao alegar que o VAR falhou no momento que Rodrigo Dourado marcou um gol, cuja posição foi tema de polêmica. O placar fechou em 2 a 0 para o colorado.

A corte tinha decidido que o episódio não configura erro de direito e chegou ao entendimento de que o Protocolo do VAR “é norma procedimental, que tem natureza de ‘cartilha de instrução'”. Na fundamentação do dia 4, o presidente do tribunal, Rodrigo Noronha, esclareceu que a decisão ocorreu de forma unânime, e citou outro pedido de impugnação por parte de cruzmaltino: uma partida contra o Grêmio, pelo Brasileirão de 2019.

A diretoria do Vasco prometeu ingressar com ação na Justiça contra a CBF e a Hawk-Eye (operadora do VAR) cobrando 100 milhões de reais em indenização. O clube entende o valor como o prejuízo em receitas pela queda à segunda divisão.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo