CidadesDestaque

Rio das Ostras está entre municípios de mais baixo risco de Covid-19

Na última semana, a Secretaria de Estado de Saúde divulgou o Mapa de Risco de Covid-19 no Rio de Janeiro. Nesse mapeamento, que dá uma visão geral da pandemia nos 92 municípios, Rio das Ostras aparece entre as cidades com menor índice de risco (3 pontos) entre as cidades fluminenses. O panorama é baseado em indicadores de Saúde como número de pessoas contaminadas, óbitos e internações.

Desde muito antes do início da pandemia, a Administração Municipal iniciou um processo de reestruturação da Rede de Saúde, que vem sendo fundamental para enfrentar o novo Coronavírus.

Somente em 2020, foram investidos R$ 105 milhões de recursos próprios para atender o setor de Saúde pública, o que representa mais de 35% do orçamento municipal, 20% a mais do que o percentual obrigatório. Esse investimento proporcionou a abertura de unidades importantes como a Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24h, o Hospital de Campanha para pacientes com Covid-19 e a ampliação de leitos clínicos e de UTI.

Com a pandemia, vieram demandas urgentes a serem atendidas. Para esse enfrentamento, a Prefeitura implantou e mantém uma rede de serviços de Saúde dedicados ao controle da Covid-19 e ao atendimento de casos, que inclui Centro de Triagem, leitos de UTI e um Hospital de Campanha instalado e mantido com recursos próprios do Município. Também foram contratados novos profissionais de saúde durante o período.

Rio das Ostras vem dando sequência ao Plano Municipal de Vacinação de forma criteriosa e transparente.

O Município vem mantendo, por meio de decretos e com fiscalização dos órgãos responsáveis, medidas restritivas e preventivas para evitar o avanço da doença, que incluem controle de aglomeração e obrigatoriedade do uso de máscara e medidas de higiene em estabelecimentos e atividades em geral.

Rio das Ostras também está realizando uma série de eventos de testagem em massa da população.

MAPA DE RISCO DO RJ – O levantamento do Estado avalia os seguintes indicadores: variação do número de óbitos, variação do número de internações, taxa de positividade para Covid-19, taxa de ocupação de leitos de enfermaria, taxa de ocupação de leitos de UTI e o tempo para esgotamento dos leitos de UTI.

Somados, esses indicadores resultam em pontos, que indicam o nível de risco do Município avaliado. Rio das Ostras está entre as cidades de menor pontuação de risco do Estado, com 3 pontos.

Pelo relatório, divulgado em 18 de junho, 18 municípios fluminenses estão entre os de alto risco; 22 estão entre os de risco moderado e 52 entre os de baixo risco, incluindo Rio das Ostras.

Os resultados apurados para os indicadores apresentados no Mapa de Risco de Covid-19 devem auxiliar na tomada de decisão, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada região.

PREVENÇÃO – Mesmo com a melhora dos índices, o Município não irá se descuidar das medidas de enfrentamento à pandemia do coronavírus. Serão seguidas as orientações da Secretaria de Estado para promoção da melhoria contínua dos números da doença em Rio das Ostras, que incluem:

  • Isolamento domiciliar e monitoramento de casos sintomáticos e contatos, para casos suspeitos ou confirmados;
  • Proteção de grupos vulneráveis – distanciamento social, garantia de acesso às necessidades básicas, acesso e acessibilidade aos serviços de saúde;
  • Reforço das medidas contra a transmissão da Covid-19 nas unidades de saúde;
  • Redução de contato, reforço em higiene e etiqueta respiratória;
  • Fortalecimento dos processos de comunicação interna (entre os órgãos e profissionais) e comunicação externa (com o público);
  • Evitar atividades que gerem aglomeração de pessoas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo