CidadesDestaque

Prefeitura pede apoio para testagem em massa de Covid-19 em Rio das Ostras

O município de Rio das Ostras, na Região dos Lagos, quer fazer uma testagem de Covid-19 em massa da população de cerca de 150 mil habitantes. O prefeito Marcelino Borba pediu apoio ao deputado federal Paulo Ganime para tentar junto ao Ministério da Saúde a liberação de testes de Covid para o município. O governo federal possui no almoxarifado central, em Guarulhos, aproximadamente 2,3 milhões de testes moleculares com vencimento em maio de 2021, conforme documento do Ministério Público enviado à CPI da Covid.

O deputado se comprometeu a entrar em contato com o Ministério da Saúde para verificar a possibilidade de aproveitamento dos testes antes que percam a validade. “É inadmissível que testes de Covid sejam inutilizados enquanto prefeituras precisam fazer mapeamento da situação epidemiológica da população. É desperdício de dinheiro público”, afirmou Ganime. A solicitação foi feita durante reunião do gabinete itinerante virtual, uma versão remota do projeto “Ganime na Estrada”, que está percorrendo todo o estado para conversar com prefeitos, empresários e população sobre suas demandas, buscando soluções ao alcance do legislativo federal.

Segundo Marcelino, a prefeitura realizou um pregão eletrônico para a compra de testes de Covid, mas a empresa vencedora tentou majorar os preços após a conclusão da licitação e acabou desabilitada e multada. “Se necessário, podemos ir buscar os testes, inclusive trazer também para o município vizinho de Casimiro de Abreu”, afirmou Marcelino, que estava acompanhado do prefeito de Casimiro, Ramon Gidalte.

O prefeito de Rio das Ostras conversou também sobre o projeto de instalação de um Centro de Hemodiálise para atender até 200 pacientes.  As obras estão orçadas em cerca de R$ 3 milhões e a prefeitura já dispõe de um terreno de 15 mil metros quadrados. Hoje, os doentes renais fazem tratamento de hemodiálise em Itaboraí, que fica a mais de 100 km de distância de Rio das Ostras.

Ganime sugeriu uma reunião entre as prefeituras de Rio das Ostras, Casimiro de Abreu e Cabo Frio para estudarem a viabilidade de criação de um consórcio de saúde, tanto para a instalação do Centro de Hemodiálise como também para a reabertura do Hospital

Regional Gélio Alves Faria, que fica no distrito de Barra de São João. Esse hospital, que está fechado há cerca de oito anos, é importante para atender a demanda dos três municípios.

O projeto “Ganime na Estrada” já esteve em 26 municípios e até o fim do ano chegará às 92 cidades do estado. A decisão de adotar o modelo online foi tomada por conta do avanço da pandemia de Covid-19. “Temos tentado estar o mais próximo possível da população mesmo em tempos de pandemia. Com o agravamento da crise sanitária, decidimos adotar o modelo remoto para não deixar de ouvir os anseios da população. Quando tudo isso passar, vamos retomar as visitas presenciais”, garantiu o deputado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo