DestaquePolícia

Policiais combatem exploração sexual de crianças em vários estados

Policiais de vários estados cumpriram na terça-feira (18) mandados contra suspeitos de compartilhar fotos e vídeos contendo imagens de sexo com crianças e adolescentes. Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, as investigações identificaram diversos grupos que trocavam os arquivos pela internet.

No estado do Rio, havia mandados na cidade do Rio de Janeiro e em municípios de Macaé e Campos (no norte do estado), Niterói e Duque de Caxias (no Grande Rio). A operação Lótus está sendo coordenada no Rio de Janeiro pela Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV).

Agentes da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav-RJ) saíram para cumprir 68 mandados de busca e apreensão em 18 estados e no Distrito Federal.

Não há mandados de prisão, mas se uma equipe flagra pornografia infantil em um endereço, o alvo é preso em flagrante.

‘Imagens estarrecedoras’

Segundo o delegado Adriano França, titular da Dcav, em um ano de investigações, a especializada identificou diversos grupos que trocavam fotos e vídeos “com imagens estarrecedoras”.

Até bebês apareciam no material pornográfico interceptado, de acordo com as investigações.

Até o fechamento desta edição, cinco pessoas haviam sido presas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo