Esportes

Palmeiras bate o Grêmio e conquista o tetra da Copa do Brasil

O Palmeiras venceu o Grêmio no domingo (7), por 2 a 0, no Allianz Parque, e conquistou mais uma vez a Copa do Brasil. É a quarta vez que o Verdão ganha a competição —as outras foram em 1998, 2012 e 2015. Wesley e Gabriel Menino fizeram os gols na arena.

A equipe de Abel Ferreira já tinha a vantagem de jogar pelo empate, pois havia batido o Tricolor na Arena Grêmio por 1 a 0, com gol de Gustavo Gómez.

A Copa do Brasil faz o Palmeiras encerrar a temporada com três títulos. Já campeão Paulista e da Libertadores, o Verdão igualou a temporada de 1993, a última em que havia conquistado três torneios em um único ano (Paulista, Rio-São Paulo e Brasileiro). O Grêmio segue com cinco taças do torneio mata-mata nacional.

O jogo

A necessidade de vencer para ser campeão fez o Grêmio partir para cima do Palmeiras logo nos primeiros minutos. E logo aos dois minutos, depois de boa jogada de Vanderson pela direita, Pepê teve grande chance na pequena área, sozinho, mas furou na hora de finalizar.

Na pressão, o time gaúcho ainda chegou com Diego Souza e Alisson. Mas a resposta do Palmeiras foi forte. Rony, aos sete, em contra-ataque, ficou em ótima condição para abrir o placar. Mas Paulo Miranda, atento, travou o chute do atacante do Verdão.

Depois de o Tricolor começar melhor o jogo, o Palmeiras conseguiu equilibrar. E chegou a balançar a rede aos 18, com Raphael Veiga. Mas o árbitro assinalou impedimento de Rony, autor do cruzamento. Gol bem anulado. Mais adiante, o Grêmio criou boa chance com Maicon e depois com Diego Souza, em cabeçada defendida por Weverton.

Com o duelo mais equilibrado, o Verdão arriscou de fora da área, com Raphael Veiga. Mas Paulo Victor, bem posicionado, defendeu em dois tempos. Na reta final do primeiro tempo, o Palmeiras ainda apareceu bem no ataque com dois chutes de fora da área, um de Rony, que saiu pela linha de fundo, e outro de Zé Rafael, defendido por Paulo Victor.

Na etapa final, o Palmeiras, com 30 segundos de bola rolando, criou boa chance em chute de longe de Raphael Veiga, defendido por Paulo Victor. O Grêmio respondeu com Thaciano da entrada da área. Mas o chute saiu fraco, e Weverton defendeu. Apesar de o Grêmio ter mais posse de bola, o Palmeiras usou bem o contra-ataque para abrir o placar no Allianz Parque.

Aos sete minutos, Raphael Veiga deu linda assistência para Wesley bater cruzado. Paulo Victor não conseguiu defender. Aos 10, o Grêmio teve ótima chance para empatar o jogo, mas Thaciano se atrapalhou na cabeçada e facilitou o trabalho de Weverton.

Irritado no banco de reservas após sofrer o gol, o técnico Renato Gaúcho tentou mudar o time com a entrada de Ferreirinha, Guilherme Azevedo e Jean Pyerre. Mas não deu certo. O Grêmio, muito lento, não conseguiu envolver o Palmeiras para tentar uma reação. A virada, portanto, ficou impossível. Bem melhor em campo e com mais repertório, o Verdão fez o segundo, aos 39, com Gabriel Menino e sacramentou o título.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo