Geral

Os 45 anos de Destroyer, álbum que marcou a carreira do KISS

Destroyer é o quarto álbum de estúdio da banda de hard rock, Kiss, lançado em 1976, teve como produtor Bob Ezrin. É o segundo álbum consecutivo do Kiss que alcançou Top 20 no Estados Unidos. Ganhou disco de ouro pela RIAA em 22 de Abril de 1976 e disco de platina em 11 de novembro do mesmo ano.

Depois do estrondoso sucesso de Alive! o Kiss queria fazer um álbum que capturasse a energia das apresentações ao vivo. Para isso chamaram Bob Ezrin que ja tinha trabalhado com Alice Cooper, Bob Ezrin adicionou vários efeitos de som no álbum como vozes de crianças (“God of Thunder”), coros (“Great Expectations”), orquestras (“Beth”), as orquestrações ficaram a cargo da Orquestra Filarmônica de Nova Iorque. O sucesso de “Alive!” e “Destroyer” levaram o Kiss a primeira turnê na Europa.

Destroyer foi relatado por ter vendido entre 6 à 7 milhões em 2012, mas ainda tem de ser re-certificada para essa quantidade; 4 milhões de unidades foram realmente certificadas.

Em 2012 para comemorar os 35 anos do álbum, eles remixaram e lançaram o álbum intitulado Destroyer: Resurrected. Além disso, o “Destroyer: Resurrected” foi lançado agora com a arte de capa originalmente pretendida, considerada controversa demais para a época. Criada pelo artista Ken Kelly, a capa “marrom” retrata o KISS vestido com seus trajes do “Alive!” e de pé diante dos destroços de uma cidade em chamas arruinada. Na época, a gravadora achou que era violento demais e deixou ficar a versão “azul” conhecida atualmente. Esse lançamento também marcou a primeira vez que uma ilustração de quadrinhos da banda aparecesse na capa, confirmando que a banda estava se transformando de roqueiros da pesada em super-heróis.

A banda

Kiss é uma banda de hard rock dos Estados Unidos, formada em Nova Iorque em 1973 por Paul Stanley e Gene Simmons. Conhecida mundialmente por suas maquiagens, e por seus concertos que incluem guitarras esfumaçantes, cuspir fogo e sangue, pirotecnias e outros efeitos. Antes de chegarem à sua formação atual, a banda passou por algumas mudanças, sendo Stanley e Simmons os dois últimos integrantes da formação original da banda. O Kiss já recebeu 28 discos de ouro. Desde sua formação, a banda já vendeu mais de 25 milhões de álbuns nos Estados Unidos, e mais de 100 milhões de álbuns mundialmente.

Constitui um dos maiores impactos culturais da década de 1970, valendo-se de roupas e, sobretudo, maquiagens nunca antes vistas, que marcariam a história da música. Seus dois fundadores são Paul Stanley (guitarra base e vocal) e Gene Simmons (baixo e vocal), que ficaram frustrados com o fim de uma banda que formavam, chamada Wicked Lester, decidindo, assim, procurar novos integrantes para uma nova banda. Encontraram tais integrantes através de anúncio de jornal – Ace Frehley (guitarra solo e vocal) e, pela revista Rolling Stone, Peter Criss (bateria e vocal). A formação original da banda, com Paul Stanley, Gene Simmons, Ace Frehley e Peter Criss, foi introduzida ao Rock and Roll Hall of Fame em 10 de abril de 2014.

Uma turnê de despedida foi anunciada em 19 de setembro de 2018, após a apresentação de “Detroit Rock City”, no America’s Got Talent. As datas da turnê foram anunciadas oficialmente para a América do Norte, Europa e Oceania em 30 de outubro de 2018. Teve início em 31 de janeiro de 2019 na Rogers Arena, em Vancouver, Canadá, e deve encerrar em 17 de julho de 2021, em Nova Iorque.

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo