Esportes

Ingrid Oliveira termina em décimo e Brasil tem resultado histórico na Copa do Mundo

O Brasil encerrou a Copa do Mundo de Saltos Ornamentais, realizada no Japão, com uma campanha histórica. A seleção brasileira obteve quatro vagas para os Jogos Olímpicos e duas finais, algo que nunca havia ocorrido na trajetória da modalidade no país.

O último grande feito foi de Ingrid Oliveira. A carioca terminou a disputa da plataforma em décimo lugar, atingindo uma final inédita para saltadoras de plataforma do Brasil e referendando a vaga olímpica. Na última segunda-feira (03), Kawan Pereira, também na plataforma, disputou outra final inédita para os Saltos Ornamentais.

“Estou muito feliz por esse resultado inédito. Não sabia que o Brasil nunca tinha ido a uma final de Copa do Mundo, então é motivo de orgulho. Foi bom para saber como é estar em uma final, como será nos Jogos Olímpicos, como devo me portar na prova. Estava tranquila e relaxada para competir e isso foi muito bom”, disse Ingrid.

Ao todo, quatro brasileiros garantiram o país nos Jogos Olímpicos de Tóquio: Luana Lira, no trampolim de 3 metros, Ingrid Oliveira, Kawan Pereira e Isaac Souza, na plataforma, foram os destaques. Giovanna Pedroso, que terminou a disputa da plataforma em 20º lugar, ainda tem chances de ir aos Jogos Olímpicos. A definição será em junho a partir de comunicado da FINA.

“Voltamos para casa com quatro vagas e duas finais na Copa do Mundo. Sinal de que o trabalho está no caminho certo. Agora é seguir firme rumo aos Jogos Olímpicos”, disse Ricardo Moreira, diretor de Saltos Ornamentais da CBDA e chefe de equipe em Tóquio.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo