Polícia

Força-Tarefa prende miliciano acusado de extorquir comerciantes e moradores da Zona Oeste

A Força-Tarefa da Polícia Civil de combate às milícias, por meio do Departamento Geral de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DGCOR-LD), em conjunto com a Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), prendeu, na quinta-feira (04), o miliciano Andre Costa Barros, conhecido como “Andre Boto”. Informações apontam que ele teria feito recentemente uma harmonização facial para tentar despistar as autoridades.

“Andre Boto” é acusado de extorquir comerciantes e moradores dos bairros Curicica, Recreio dos Bandeirantes e Campo Grande, na Zona Oeste. Além disso, o criminoso é investigado pela construção de prédios da milícia. Em dezembro do ano passado, a Polícia Civil interditou a construção de um prédio com 37 apartamentos que seria comandada pelo bandido. As vendas renderiam aos proprietários lucro de cerca de R$ 12 milhões.

Segundo os agentes, o bandido foi preso em flagrante pelos crimes de receptação e porte ilegal de arma de fogo. Andre estava em um carro blindado clonado. Com ele foi apreendida uma pistola. De acordo com os policiais, contra ele foi cumprido um mandado de prisão expedido pela Justiça pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e organização criminosa.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo