CidadesDestaque

Feirinha da Avenida Amazonas reinaugura em novembro de cara nova

Chamada Pública para pleitear vagas acontecerá em agosto

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Rio das Ostras convocou na quinta-feira (15) os antigos permissionários do Shopping de Rua para uma reunião de planejamento para a volta à Avenida Amazonas. A obra de revitalização do local está a todo vapor e a reinauguração está prevista para novembro.

Cerca de 60 permissionários atenderam ao convite e estiveram no Teatro Popular, na tarde desta quarta-feira, para conversar e tirar dúvidas com a secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Aurora Siqueira, e o coordenador de Desenvolvimento Econômico, Abílio Nascimento.

Aurora falou sobre o andamento da obra, o que está previsto no projeto e sobre a Chamada Pública. “No início de agosto, logo na primeira sexta-feira, será publicada a Chamada Pública para ocupar as vagas na Feirinha, que agora serão 108. Como vocês já sabem, será feita por análise dos documentos e pontuação, onde os antigos permissionários terão prioridade. É preciso já providenciar a documentação e não perder o prazo, já que temos muitas solicitações de pessoas que querem ingressar na feira”, explicou.

 NOVA FEIRINHA – O local receberá cobertura fixa total com telhas de cerâmica, rede de drenagem, calçadas adaptadas, rampa em piso tátil, traffic calming (estrutura física construída para desacelerar o tráfego nas vias), banheiros, novo projeto de iluminação e paisagismo.

Como vem acontecendo há mais de um ano, todo planejamento para a retomada das atividades na Avenida Amazonas será feito em conjunto entre o Poder Executivo e os antigos permissionários, muitos deles que participam da Feirinha há mais de 10 anos.

Uma das questões levantadas foi a reforma das antigas barracas e a compra das novas. “Desde a definição de que a nova Feirinha deveria ter barracas novas, tudo foi discutido com o grupo, novo modelo, materiais. Uma parte do grupo formou uma comissão que procurou profissionais para confeccionar as novas barracas e as negociações são feitas apenas pelos permissionários, a Prefeitura não pode interferir na compra de propriedade privada. Nossa obrigação é cuidar do solo público onde a Feirinha será reinstalada”, disse Aurora Siqueira.

O cronograma de volta das atividades ficou definido com a Chamada Pública logo no começo do mês de agosto, definição do número de barracas reformadas e novas até outubro e reinauguração do novo espaço em novembro.

“Vamos devolver à Cidade um dos mais visitados atrativos turísticos de cara nova. Será uma opção de entretenimento durante todo o ano”, finalizou Aurora.

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo