Secretário de Governo conscientiza população sobre descarte irregular de lixo

0
1246

O secretário de Governo de São Pedro da Aldeia, Eronildes Bezerra, a pedido do prefeito Cláudio Chumbinho, fez um trabalho de fiscalização na sexta-feira (19), em bairros onde a Secretaria de Serviços Públicos atua. Um deles foi o Poço Fundo, no trecho próximo à quadra esportiva. O local passou, recentemente, por ações de limpeza geral e retirada de entulho. No entanto, em um período de uma semana, a área recebeu novo descarte irregular de lixo e entulho particular, trazendo riscos à saúde pública. De acordo com Rogério Costa, responsável pela ação executada no bairro, o problema é recorrente. Neste sábado (20), um novo serviço de limpeza está previsto para o trecho.

“Estamos sendo muito cobrados pela população e temos feito a nossa parte, mas precisamos muito da ajuda dos nossos munícipes. Mesmo com poucos recursos, nós temos trabalhado muito e investido em diversas ações de limpeza, de patrolamento e de manutenção nas vias públicas. Quando nos deparamos com situações como essa, de descarte irregular de lixo, ficamos tristes. Quem perde é a cidade, tanto na saúde pública quanto na qualidade de vida. Queremos manter a nossa cidade limpa, mas para isso precisamos muito do apoio e da fiscalização da população. Aproveito para agradecer a cada morador que tem nos ajudado a fiscalizar, nos apontando os locais que precisam de ações emergenciais”, destacou o prefeito Cláudio Chumbinho.

Atualmente, a Prefeitura estuda medidas para combater o despejo irregular na localidade, com ações de conscientização junto à comunidade. Em visita ao local, o secretário de Governo aldeense pediu apoio dos moradores locais. “O prefeito Cláudio Chumbinho determinou que nós verificássemos de perto a qualidade do trabalho executado pelas equipes de Serviços Públicos e quando chegamos aqui nos deparamos com essa situação. O nosso apelo é que a população se conscientize de que os recursos são escassos, de que a mão-de-obra é escassa, e de que a cidade merece ser preservada. Já estamos com uma arrecadação reduzida, 70% das pessoas não pagam os seus IPTUs, e a cada vez que temos que voltar aqui, são recursos públicos que estão sendo são gastos e investidos. Estamos cumprindo com a nossa obrigação da limpeza, mas a população também tem que cumprir com a sua obrigação de manter”, destacou.

No local, foram encontradas carcaças de produtos eletrônicos, pedaços de móveis, caixas de papelão e restos de materiais de construção, entre outros materiais, fruto de descarte particular. “Estivemos aqui no dia 11 de julho, quinta-feira passada, e tinha muito mais entulho nesse local. Retiramos todo o entulho, fizemos a limpeza e o patrolamento em toda a rua. Infelizmente, em uma semana, o local já está desta forma de novo”, lamentou Rogério Costa.

O artigo 53 do Código de Posturas Municipal estabelece que a retirada de entulho de obras, construções ou reformas, bem como restos de terra, folhas e galhos de jardins e quintais particulares é de responsabilidade do morador (fonte geradora) e cabe ao responsável o acondicionamento, o transporte e a destinação final, sem que comprometa a limpeza pública e o meio ambiente. O descarte irregular desses materiais também está sujeito a penalidades previstas em lei.

Caso o morador identifique o despejo irregular no local, a Secretaria pede que o cidadão entre em contato com a equipe para informar a situação, pelo número (22) 2627-7055.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here