Prefeitura de Paraty defende importância de veículos de resgate

0
1

A prefeitura de Paraty, Costa Verde, informou que o helicóptero de resgate de emergência, serviço montado em parceria com o Corpo de Bombeiros, já realizou 45 operações de apoio aeromédico, 5 operações de apoio ao transplante de órgãos e 5 missões de salvamento.

“Nestes quatro meses de operação, o helicóptero de resgate foi decisivo para agilizar o transporte de pacientes para outras unidades de Saúde nos casos de emergência e de alta complexidade que não podem ser atendidos pela UPA Municipal. São nove profissionais altamente capacitados, que atuam em parceria com as equipes da Secretaria Municipal de Saúde”.

De acordo com a prefeitura, o serviço de resgate foi disputado por outras prefeituras do sul do Estado e a instalação de uma estrutura de acolhimento para o Corpo de Bombeiros foi uma exigência contratual para a celebração do convênio. Esta estrutura, hoje disponível no trevo de acesso à cidade, conta com dois contêineres de alojamento e uma tenda. Para viabilizar tal estrutura, foi realizada adesão a uma ata de registro de preços da Secretaria de Turismo no valor de R$ 239.540.

O contrato prevê locações de tendas, contêineres e montagem, desmontagem e transporte dos equipamentos, que também são utilizados em outras iniciativas da secretaria de Saúde, como as campanhas de vacinação, vacinação anti-rábica, saúde do pescador, saúde bucal e outros eventos realizados pela secretaria ou apoiados por ela. A modalidade ata de registro de preços prevê o pagamento apenas dos serviços efetivamente contratados. Por isso, após oito meses de operação do helicóptero de resgate, o gasto da prefeitura com os equipamentos foi de R$ 28.910, conforme documentos disponibilizados pela secretaria municipal de Saúde no Portal da Transparência do município.

A parceria com o Corpo de Bombeiros prevê a instalação de um hangar específico para o helicóptero e de um alojamento para os soldados do Corpo de Bombeiros no aeroporto municipal. A construção do hangar será licitada pela prefeitura assim que o município concluir o licenciamento da obra e receber a autorização necessária da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

“A secretaria municipal de Saúde de Paraty lamenta profundamente as recentes tentativas de desqualificar ou colocar sob suspeição o trabalho notável do Serviço de Resgate e a parceria com o Corpo de Bombeiros. Graças a essa parceria, Paraty é hoje uma das únicas cidades do interior do Estado que conta com o apoio estruturado e permanente de um helicóptero do Corpo de Bombeiros, um serviço que tem ajudado a salvar vidas de paratienses e turistas que visitam a nossa cidade”.

A secretaria de Saúde reforçou que em momento algum recebeu qualquer tipo de questionamento oficial por parte do Legislativo sobre o convênio com o Corpo de Bombeiros e esclarece que todos os gastos relativos ao convênio estão disponíveis para toda a população no Portal da Transparência do município.

Mais um veículo de resgate

A prefeitura anunciou esta semana que o serviço de Urgência e Emergência do SAMU de Paraty receberá mais um reforço. O ministro da Saúde Mandeta, assinou a Portaria 663/2019, habilitando pela primeira vez a ambulancha. Serviço importante para salvar vidas no mar e dar suporte de socorro para as populações tradicionais, residentes na zona costeira. “Lembrando que esta Ambulancha, foi adquirida pelo nosso governo e, implantado pela primeira vez. Um fato inédito e histórico no serviço de Urgência e Emergência em nossa cidade. Ressalto que todos os custos da Ambulancha, equipamentos, manutenção e custeio das equipes, eram exclusivamente custeados pela secretaria de Saúde. Agora com essa habitação e liberação de recursos do governo federal, poderemos ampliar e aprimorar nossas equipes”, destacou o vice-prefeito e secretário de Saúde, Luciano Vidal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here