Por conta da participação popular, Sanica altera local de audiência da Enel

0
40

A Câmara de Vereadores de Paraty, na Costa Verde, vai realizar uma audiência pública que busca solução para problemas de fornecimento de energia elétrica pela concessionária Enel Brasil. A atividade teve o local de realização alterado e será no Auditório da Casa da Cultura – Rua Dona Geralda, nº194, no Centro Histórico. No entanto, a data e o horário do evento continuam os mesmos, será na próxima quinta-feira (23), a partir das 13h30. A informação foi divulgada pelo presidente da Casa de Leis, vereador Valceni Teixeira, o Sanica (DEM), na última segunda-feira (13).

Segundo o parlamentar, a mudança se fez necessária por conta do grande interesse popular A expectativa é que estejam presentes representantes dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário e de órgãos públicos federais, estaduais e municipais, Sociedade Civil Organizada não governamental, OAB, e a comunidade em geral.

“A Audiência Pública para tratar sobre a precariedade no sistema de abastecimento de energia elétrica do Município de Paraty, em face a concessionária ENEL Brasil, requer a troca do local anteriormente prevista para ser realizada no Salão Nobre da Câmara Municipal de Paraty, passando a ser realizada no Auditório da Casa da Cultura, devido a grande manifestação de interesse da população em comparecer ao local, faz-se necessário essa mudança para um espaço que suporte a expectativa de público”, diz comunicado feito por Sanica nas redes sociais.

A audiência foi convocada pelo requerimento nº 051/2019, de autoria de Sanica. No documento, o vereador pedia a realização da audiência pública com representantes da Enel afim de debater a precariedade dos serviços prestados pela concessionária. Na defesa do requerimento Sanica lembrou ainda as constantes denuncias de taxas e valores abusivos cobrados pela empresa e as diversas falhas e interrupções no fornecimento de energia.

“Esta Casa Legislativa vem sendo constantemente cobrada pelos munícipes com relação aos serviços prestados pela empresa ENEL. Relatam demora para reestabelecer o fornecimento de energia elétrica sempre que o serviço é interrompido, aparelhos queimados por picos de energia, apagões constantes que ocorrem há anos por falta de investimento na infraestrutura do serviço. Nossos comerciantes estão tendo perdas altíssimas pela falta de refrigeração devido aos apagões, os transtornos são enormes e os valores cobrados pelo serviço é alto, pagamos caro por um serviço de baixa qualidade”, alega Sanica.

A Câmara Municipal convida para participação na audiência que terá o debate e a busca por medidas que resolvam as constantes falhas no serviço de abastecimento de energia elétrica prestado pela empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here