Minha Casa Minha Vida é entregue em Cabo Frio

0
156

Foram entregues, no sábado (31), as chaves do programa Minha Casa Minha Vida, empreendimento Monte Carlo, localizado no bairro Jardim Esperança, em Cabo Frio. A solenidade teve início às 11 horas com a presença do prefeito Marquinho Mendes, da vice prefeita Ruth Schuindt, do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, do ministro dos Esportes, Leonardo Picciani, do ministro das Cidades, Alexandre Baldi, do secretário-executivo do Ministério das Cidades, Silvani Pereira, da representante da Caixa Econômica Federal, Michele Sardinha, do presidente da Funasa, Rodrigo Sérgio Dias, além de secretários municipais e vereadores.

“Hoje é um dia de festa. É o momento da realização do sonho para 1800 famílias. Estamos felizes com essa entrega que se tornou um dia histórico para a cidade”, discursou o prefeito Marquinho Mendes durante a solenidade de entrega dos apartamentos nesta manhã.

Ao todo, seis moradores foram escolhidos para representar os demais beneficiados e receber as chaves no palco: Marluce Barreto Chagas recebeu a chave das mãos de Rodrigo Maia; Maria Geralda Trindade recebeu das mãos de Alexandre Baldi; Ariana Carla Santos recebeu das mãos de Leonardo Picciani; José Carlos Guimarães recebeu das mãos de Júlio Lopes, Joseilda Mota da Silva recebeu do prefeito Marquinho Mendes, e Micheli Pereira da Costa recebeu das mãos de Michele Sardinha.

Durante a solenidade, o deputado Rodrigo Maia mostrou surpresa com o porte do empreendimento Monte Carlo. “Em toda entrega que participo sempre vejo se as creches, escolas e postos de saúde estão ficando prontos também, porque a gente precisa disso junto com a habitação.  Fiquei muito feliz com o que encontrei aqui: esse empreendimento de Cabo Frio virou referência porque é um dos mais completos que já entregamos”, afirmou.

Após o fim da solenidade, todos os beneficiados foram distribuídos em salas, de acordo com os blocos aonde vão morar, para a entrega das chaves. Joaneilda dos Santos foi logo uma das primeiras do bloco dela. Ex-moradora do bairro Jacaré, ela contou que a casa própria era um sonho antigo. “Nem acredito que já estou com as chaves. É um sonho que se realiza pra mim e toda minha família. Se Deus quiser, dia 4 estou me mudando”, contou, exibindo as chaves.

Outra que não conseguia esconder a alegria é Jocilange Pereira da Conceição. “Estava há mais de 10 anos esperando pelo sonho da casa própria. Nem acredito que consegui. Agora vou comprar móveis novos pra começar uma vida nova na minha casa nova”, comemorou.

Quase 132 mil metros² de área construída

No local, foram construídos 1800 apartamentos de 45 metros², cada um com dois quartos, sala, banheiro e cozinha com área de serviço, todos prontos para utilização imediata. Deste total, cerca de 58 são para deficientes físicos, com rampas e banheiros adaptados. Mais de 7 mil pessoas vão se mudar para o local a partir deste domingo (1 de abril).

O valor médio de cada apartamento é de R$ 70 mil, e com o subsídio da Caixa Econômica Federal, o valor médio das prestações do financiamento de cada imóvel é de R$ 130 para moradores com renda familiar de até R$ 1.800, com vencimento da primeira parcela somente em maio e prazo de 10 anos para quitação.

O empreendimento Monte Carlo é dividido em sete blocos, cada um com estrutura comum composta de hortas comunitárias, guaritas, depósitos de lixo, quadras poliesportivas (tênis, futsal e peteca), playgrounds, academia da terceira idade, centros de convivências, banheiros feminino e masculino com vestiários, circuito de caminhada, área de lazer com churrasqueira, salas de apoio e garagens, ocupando uma área total de 131,6 mil m². O custo total da construção foi de R$ 124,2 milhões, pagos pelo Governo Federal.

“Todos os apartamentos entregues estão 100% prontos para moradia. Mesmo assim, a partir desta segunda-feira (dia 2) a construtora Mello Azevedo estará com uma equipe de plantão no empreendimento para atender os moradores que tiverem alguma dificuldade ou encontrarem algum problema no imóvel. E esse atendimento vai continuar pelos próximos 60 dias”, informou Cláudia Magalhães, coordenadora geral de Convênios Públicos e Privados da Secretaria de Governo de Cabo Frio.

Escola e creche para os filhos dos moradores

Já a Prefeitura participou com a construção de uma creche com capacidade para 240 crianças em dois turnos, ou 120 horário integral, e uma escola de ensino fundamental com 12 salas e capacidade para 600 alunos. Como a prioridade é atender aos moradores do empreendimento, a Secretaria Municipal de Educação de Cabo Frio está promovendo uma pesquisa on-line através do site www.semecabofrio.rj.gov.br. O levantamento visa confirmar o interesse dos moradores em vagas para as duas escolas.

Para responder à pesquisa, o responsável deverá acessar o site e clicar no ícone “Pesquisa – Vagas Escolas Cond. Minha Casa Minha Vida”, fornecer as informações solicitadas (nome, CPF e telefone, bem como o nome, a data de nascimento e o endereço da criança, confirmando se residirá no condomínio em questão) e enviar. O preenchimento correto do cadastro é de suma importância para posterior contato e possível matrícula.

A Secretaria de Educação ressalta que a participação na pesquisa não significa efetivação de matrícula, nem mesmo garantia de vaga, mas um auxílio para que possam atender à comunidade local, dando prioridade aos moradores do condomínio.

Também está prevista para o primeiro semestre deste ano a implantação de um CRAS dentro do condomínio. As instalações físicas já estão prontas, aguardando apenas adaptação na rede elétrica e contratação de equipe. E em breve serão retomadas as obras de uma Unidade Básica de Saúde que também vai atender aos moradores.

“Estamos trabalhando junto ao Governo Federal para trazer projetos sociais para o empreendimento. Já existem alguns prontos: um de gestão condominial, que já está funcionando, ajudando os moradores na administração de todo o espaço, inclusive na eleição dos síndicos que já foi realizada; um outro que funcionará por 18 meses ajudando os moradores na questão da geração de emprego e renda, e um terceiro, de esportes, que deve começar a funcionar já em abril”, informou Cláudia Magalhães.

A realização do Minha Casa Minha Vida é um conjunto de esforços entre diversos setores do poder executivo com a Caixa Econômica e a construtora Mello Azevedo: Secretaria Municipal de Habitação, de Assistência Social e Coordenadoria de Convênios Públicos e Privados. O modelo de gestão condominial e patrimonial que será aplicado no conjunto habitacional foi definido pela Portaria do Ministério das Cidades nº 518, de 8 de novembro de 2013.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here